Clube Escola de Ténis de Oeiras inicia trabalhos de Reabilitação do Polo de Santo Amaro

Clube Escola de Ténis de Oeiras inicia trabalhos de Reabilitação do Polo de Santo Amaro

04 abr 2016
  • obras municipais
  • Desporto

 

O clube-Escola de Ténis de Oeiras (CETO) irá brevemente levar a cabo a construção de uma cobertura ligeira nos seus campos de Ténis localizados em Santo Amaro de Oeiras, mais propriamente no Jardim Municipal.

De facto, apesar ter uma tradição de excelência no ténis de alta competição, tendo formado nos seus Clubes grandes campeões, o concelho de Oeiras não possui nenhum Clube dotado com uma infraestrutura coberta destinada á formação, ao invés dos concelhos vizinhos. Este constrangimento tem tornado difícil a tarefa das coletividades que vêm os seus atletas, atraídos por melhores condições de treino, transferirem-se para outras paragens.

É neste contexto, que o Município de Oeiras, tem vindo a desenvolver uma estreita colaboração com o Clube desenvolvendo o projeto de requalificação do Polo de Santo Amaro e que agora o Clube começa a tornar uma realidade.

Localizado junto à ribeira da Laje, em pleno jardim Municipal, as instalações atuais do Clube são compostas por dois courts de ténis de terra batida, uma zona de treino específico (parede bate bolas), instalações sanitárias, balneários, espaço para bar e instalações de apoio. Estes equipamentos encontram-se num estado progressivo de degradação, fruto das intempéries ao longo dos últimos anos.

Pretende-se assim, com a implementação deste Projeto, dotar o concelho de uma infraestrutura vocacionada sobretudo para a formação de jovens atletas, com uma componente lúdica e de lazer onde haverá espaço para desfrutar do jardim onde está implantada.

Nesta primeira fase, construir-se-á uma estrutura de Cobertura que envolve a área desportiva, sendo constituída por um sistema tubular metálico de secção quadrada de cor branca e que suporta a cobertura em tela translúcida.

A referida Cobertura será aberta lateralmente, o que permitirá que visualmente o jardim esteja sempre presente. Constitui-se assim como uma cobertura aberta, com ventilação natural, não se apresentando como um pavilhão (edificação fechada).

Pretende-se que este novo elemento, através da sua transparência e leveza, se dilua na paisagem. Posteriormente, existe a intenção de intervir no edifício de apoio pré-existente, que alberga o bar, os balneários, as Instalações sanitárias e o gabinete de fisioterapia. Aqui as alterações serão essencialmente a nível de interior, com a ampliação e renovação, tanto dos balneários femininos como dos masculinos. A área do bar

será também aumentada.

Por se tratar de um projeto de alguma complexidade, optou-se pelo seguinte faseamento:

1ª Fase - Construção da estrutura coberta;

2ª Fase - Substituição de piso dos courts de ténis (piso rápido sintético);

3ª Fase – Pavimentação da área de estadia da futura esplanada; Paisagismo;

4ª Fase – Reformulação de edifício de apoio (Balneários; Apoio de Bar/Esplanada; Sanitários).

A 1ª fase da Reabilitação do Complexo de Ténis do CETO terá o seu início no mês de Junho e a obra terá a duração de cerca de dois meses.

Começa assim a tomar forma um sonho do Clube que valorizará a competitividade dos futuros atletas do Concelho.