Cruzeiro religioso do Tejo terminou em Paço de Arcos

Cruzeiro religioso do Tejo terminou em Paço de Arcos

17 mai 2014
  • Cultura
foto

Realizado pela segunda vez, o Cruzeiro Religioso do Tejo desafia os tempos e embarca na aventura de retomar o trajeto dos barcos no rio Tejo passando pelas aldeias avieiras, desde Alvega até Paço de Arcos. Na passagem dos 70 anos sobre a saída de Abrantes em direção a Lisboa do último barco com carregamento de cortiça, o segundo Cruzeiro Religioso do Tejo, feito em embarcações típicas do Tejo, como o tradicional ‘picoto’ e a ‘bateira’, transportou a imagem de Nossa Senhora dos Avieiros e do Tejo, em peregrinação pelas aldeias avieiras, na margem do rio. Dividido em oito etapas, de 17 de maio a 15 de junho, o segundo Cruzeiro Religioso do Tejo procurou refor- çar a identidade das comunidades avieiras e ribeirinhas e divulgar o património avieiro, tendo por base a sua identidade cultural e religiosa.