Eixo Verde e Azul - Inauguração 1º Troço

Eixo Verde e Azul - Inauguração 1º Troço

Requalificação da Bacia Hidrográfica do Jamor

01/05/2021

Topo do Passadiço de Madeira, na Rua Amélia Rey Colaço, em Carnaxide

Gratuito

01 de Maio de 2021
  • Ambiente
  • Lazer
Eixo verde e azul

Esta primeira fase, com uma extensão de 4.200 m, faz a ligação do Santuário de Nossa Senhora da Rocha, em Carnaxide, até à Cruz Quebrada, no Jamor.

A cerimónia de inauguração, presidida por Isaltino Morais, Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, terá como ponto de encontro o topo do Passadiço na Rua Amélia Rey Colaço, em Carnaxide, uma obra de ligação pedonal entre a 1ª fase do EVA (zona do Santuário de Nossa Senhora da Rocha) e Carnaxide. Este passadiço, com 285 m, foi construído em madeira, de forma idêntica a todo o percurso do EVA, uma intervenção que também incluiu a instalação de iluminação pública e que consistiu num investimento municipal de 248 950,00 €.

Daí seguir-se-á até à Cruz Quebrada, junto à Ponte Romana (entre a Av. Pierre Coubertin e a Rua Sacadura Cabral, no Jamor). No final, terá lugar a oferta de 25 bicicletas aos participantes.

A realização da obra da primeira fase do EVA constitui na criação de um corredor verde com integração de uma pista pedociclável ao longo do rio Jamor, desde a Cruz Quebrada e até à Nossa senhora da Rocha. O objetivo desta intervenção foi a renaturalização, melhoria da qualidade das massas de água e requalificação do espaço envolvente do rio Jamor e seus afluentes, criando um corredor ecológico de mobilidade suave. Esta obra consistiu num investimento municipal de 1 680 000,00 €.

Recorde-se que, o Eixo Verde e Azul vai facilitar o acesso das populações à fruição da Natureza e do património, através da criação de espaços verdes e da implementação de um circuito de mobilidade suave ao longo de três concelhos: Amadora, Oeiras e Sintra.

Em 2016 surgiu a oportunidade de construir, em articulação com outros municípios, um grande espaço contínuo percorrível (também por pessoas com mobilidade condicionada), estruturado ao longo de uma linha de água prolongando-se desde a sua nascente até à foz. Os municípios de Sintra, Oeiras e Amadora e a Parques de Sintra - Monte da Lua assinaram então um protocolo para a criação do EVA – Eixo Verde e Azul, que visa requalificar o sistema o rio Jamor e a área circundante do Palácio Nacional de Queluz, de forma a valorizar ambiental, social e economicamente toda uma maior região.

Em Oeiras vão ser intervencionados um total de 7,4 quilómetros e o investimento ascende aos 3,1 milhões de euros.


Ponto de encontro: 
Topo do Passadiço de Madeira, na Rua Amélia Rey Colaço, em Carnaxide

Horário:
10h00

 

Precisa de ajuda? chatBotLogo