Estudos de arqueologia subaquática avançam no litoral de Oeiras

Estudos de arqueologia subaquática avançam no litoral de Oeiras

24 jun 2013
  • obras municipais
foto

Os estudos arqueológicos subaquáticos realizados em S. Julião da Barra (iniciados em 2011) vão ser alargados a outros pontos de interesse arqueológico subaquático ao longo do litoral oeirense. Para o efeito, a Câmara Municipal de Oeiras, representada pelo presidente, Paulo Vistas e o Centro de História de Além-Mar (Universidade Nova de Lisboa), representado pelo Professor Doutor João Costa, subdiretor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, celebraram um protocolo, assinado no passado dia 21 de maio. Em paralelo teve lugar a palestra ‘Projeto de Arqueologia Subaquática S. Julião da Barra/Litoral do Concelho de Oeiras: antecedentes, trabalhos realizados e previstos’, a cargo dos arqueólogos Jorge Freire, José Bettencourt e João Luís Cardoso e do numismata Luís Cardoso Francisco Magro. Os participantes deram a conhecer o trabalho que já foi realizado na área de S. Julião da Barra, em colaboração com os Municípios de Oeiras e de Cascais, nomeadamente através da apresentação do estudo efetuado às moedas encontradas, elementos indicadores das datas dos naufrágios ocorridos. Foi também revelado o projeto a desenvolver para o litoral exclusivo do concelho de Oeiras.