Festival Iminente - Música e nova arte

Festival Iminente - Música e nova arte

23 set 2016
  • Lazer
  • Cultura
foto

Oeiras foi palco da primeira edição de um festival que juntou a nova música à nova arte numa experiência de intensa intimidade coletiva.

O mais inovador line-up de artistas plásticos e de música portuguesa num festival nacional. O festival juntou os mais relevantes representantes da nova arte e música nacionais num jardim em Oeiras. e praticamente de graça.

A arte esteve exposta no espaço sem grandes barreiras entre ela e o público, ora integrando-se no ambiente, ora confrontando-o, ora já concluída, ora em execução durante o desenrolar do festival.

Os artistas são apenas aqueles que fazem aquilo que se “chama a cena da arte pública nacional”. Não são todos. Não cabiam todos. Foi uma “cena” íntima. Mesmo próxima. Palcos para as bandas e os músicos foram três, embebidos na vegetação, tipo camuflados,  mesmo em cima dos músicos, a sentir tudo na pele.  Um foi numa estufa, o outro, entre árvores. Sem pó, na relva e outro tipo de flora, sem confusões.

Com carrinhos de choque, carrosséis e outras “cenas” populares.

Tudo aconteceu entre 23 e 25 de Setembro, no Jardim Municipal de Oeiras.

Curadoria de VHILS e da Underdogs. Produção da UAU, numa iniciativa da Câmara Municipal de Oeiras

Paus | Linda Martini | Batida Dj Set | Dj Ride | Bbg Parkbeat | Dj Glue | Thunder & Co

Chullage | Halloween | Orelha Negra Dj Set | Keso | Dj Firmeza | Dj Marfox | Francis Dale

Ana Moura | Isaura | Dead Combo | Slow J | Sam The Kid + Dj Big Dj Set | Kalaf

Artistas Plásticos:

Add Fuel | Akacorleone | André da Loba | Bordalo Ii | Clemens Behr | David Oliveira | Mais Menos | Mar | Maria Imaginário | Mário Belém | Okuda | Pedrita | Pedro Matos | Vhils | Wasted Rita

Site:www.festivaliminente.com  | geral@festivaliminente.com