Frota Municipal mais sustentável

Frota Municipal mais sustentável

10 set 2013
  • Segurança
  • Ambiente
foto

A frota de automóveis ligeiros do Município de Oeiras foi reduzida, ao longo dos últimos quatro anos, em 43 unidades, correspondendo a uma poupança de cerca de 600 mil euros em rendas de Aluguer Operacional de Viaturas (AOV) e por via do abate de viaturas que não são substituídas.

Estes resultados são fruto da aplicação de medidas onde se incluem um novo modelo de gestão da frota municipal, o Car Pooling (gestão partilhada de viaturas), que contribuiu, só por si, para uma redução de custos na ordem dos 460 mil euros e menos cerca de 3 toneladas de emissões de CO2.

A redistribuição de viaturas pelas unidades orgânicas – possibilitando o abate sem substituição das mais poluentes, com custos de manutenção elevados, com consumos energéticos elevados, de idade avançada – foi outra das medidas aplicadas, representando uma redução de 4,13%.

O Município quer ir ainda mais longe e tem como estratégia futura a massificação da solução de gestão partilhada de viaturas, na ótica de uma gestão da frota mais eficaz, reduzindo o número de veículos mas mantendo o nível de operacionalidade.

Em paralelo, está prevista a realização de um estudo de viabilidade económica, financeira e ambiental tendo como objetivo a introdução de veículos elétricos na frota municipal, o que reforçará, para além da sustentabilidade económica e financeira já patente, a sustentabilidade ambiental, bandeira deste Município.