Gabinete de Apoio aos Cuidadores de Pessoas com Demência

Gabinete de Apoio aos Cuidadores de Pessoas com Demência

20 mai 2012
  • Apoio Social

O Município de Oeiras aderiu ao Projeto de Apoio aos Cuidadores de Pessoas com Demência, o qual resulta de um protocolo de parceria celebrado, em dezembro do ano passado, entre a Fundação Calouste Gulbenkian, a Fundação Montepio, a Associação Portuguesa de Amigos e Familiares de Doentes de Alzheimer e o Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa. A adesão da Câmara Municipal a este projeto, que assume a designação Cuidar +, prevê a abertura de um Gabinete de Apoio aos Cuidadores de Pessoas com Demência no concelho e a elaboração de um diagnóstico concelhio sobre as demências. Deste modo, será criado um gabinete técnico/ jurídico de intervenção, destinado à difusão de informação e ao apoio técnico, aconselhamento e acompanhamento nos domínios científico, social e jurídico, destinado aos cuidadores de pessoas com demência, que abranja o concelho de Oeiras, com o objetivo de apoiar os munícipes e as instituições nele sedeadas, com o envolvimento dos diversos parceiros intervenientes. Para o efeito, a autarquia irá disponibilizar, durante o período de vigência do protocolo, a título gratuito, uma sala no Centro da Juventude de Oeiras para o funcionamento do gabinete técnico de âmbito concelhio, bem como prestar o respetivo apoio logístico. A Câmara Municipal de Oeiras compromete-se, ainda, a colaborar na obtenção dos dados indispensáveis à realização do diagnóstico social, concretamente no levantamento do número de pessoas com demência no concelho, bem como a participar no processo de avaliação do projeto, já que integra a comissão de acompanhamento. Refira-se que os mais recentes dados epidemiológicos apontam para a existência de 156 000 pessoas com demência em Portugal, das quais 90 000 têm doença de Alzheimer, forma de demência mais prevalente.