Investigador do IGC premiado com bolsa europeia

Investigador do IGC premiado com bolsa europeia

15 jan 2014
  • ciência e inovação
  • Comunicação

Lars Jansen, investigador principal no Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), foi premiado com uma bolsa Consolidator do Conselho Europeu de Investigação no valor de 1,6 milhões de euros.

Este financiamento irá apoiar a investigação de Lars Jansen em mecanismos que controlam a transmissão fidedigna de informação não‐genética da célula‐mãe para as células‐filhas. Em parte, o seu trabalho procura elucidar como estes processos têm impacto no desenvolvimento do cancro e na diferenciação de células estaminais. O investigador do IGC reagiu considerando que “este financiamento dará um enorme impulso à nossa investigação. É ao mesmo tempo um fantástico reconhecimento do trabalho que temos realizado nos últimos cinco anos e um voto de confiança na nossa capacidade de fazer avanços importantes nos próximos cinco. Receber este financiamento plurianual tão elevado é bastante importante, uma vez que o financiamento da ciência é atualmente muito reduzido, principalmente o financiamento nacional. Os fundos do Conselho Europeu de Investigação vão‐nos permitir manter um programa de investigação forte em tempos difíceis para a ciência”.

O esquema de bolsas Consolidator iniciou‐se em 2013 e está desenhado para dar apoio a investigadores que estão a consolidar a sua carreira científica independente, em especial grupos de investigação independentes com elevado nível de excelência.

No concurso de 2013, 312 de 3673 candidaturas foram agora financiadas (correspondendo a uma taxa de sucesso de 8.5 %).

Foram selecionados neste concurso quatro cientistas a trabalhar em Portugal: Lars Jansen (IGC), Rui Costa (Programa Champalimaud de Neurociências, Fundação Champalimaud) e Edgar Gomes (Instituto de Medicina Molecular), na categoria de Ciências da Vida; e Sofia Inglez (Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Lisboa) na categoria de Ciências Sociais e Humanas.

De assinalar que das 20 bolsas do Conselho Europeu de Investigação atribuídas até agora a cientistas a trabalhar em Portugal, em todos os domínios científicos e a todos os níveis de financiamento, oito foram atribuídas a cientistas do IGC.