Lançamento da 1ª Pedra do Centro de Saude de Carnaxide – Extensão de Algés

Lançamento da 1ª Pedra do Centro de Saude de Carnaxide – Extensão de Algés

27 mai 2010
  • obras municipais
foto

O Centro de Saúde de Carnaxide – Extensão de Algés, está actualmente instalado num edifício de habitação colectiva localizado no nº 20 da Rua Damião de Góis em Algés, o qual desde início se revelou inapropriado para albergar um serviço com este tipo de exigências.

O espaço é exíguo, caótico e desordenado, levando a que a Câmara Municipal de Oeiras em consonância com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, se propusesse intervir com o intuito de criar de raiz um edifício capaz de albergar nas melhores condições possíveis as valências que a pratica médica actualmente exige.

O local escolhido para a construção do novo edifício, situa-se na Rua Dr. Manuel Arriaga em plena baixa de Algés. O lote em questão, de características iminentemente urbanas, insere-se numa malha consolidada e de elevada densidade, com edifícios de grandes volumetrias, que variam entre os 4 pisos (Rua Dr. Manuel Arriaga ) e os 13 pisos (Avenida dos Bombeiros Voluntários).

O novo edifício encostará à empena de um prédio já existente, desenvolvendo-se para o interior do lote. A intervenção proposta irá assim permitir a requalificação da travessa que liga este arruamento à Avenida dos Bombeiros Voluntários, bem como do interior de todo o quarteirão.

O edifício adopta uma linguagem moderna de linhas depuradas, desenvolvendo-se em 6 pisos acima do solo (2194 m2) e 3 em cave destinados a estacionamento (76 lugares – 3594 m2), num total de 5788 m2 de área bruta.

Em termos funcionais, a organização é estruturada por pisos, correspondendo a cada nível uma função distinta, assumindo-se assim uma separação de percursos, funcionalidades, atendimentos e usos.

Para a construção deste edifício, foi lançado um Concurso Público para a execução da empreitada ao abrigo do Código dos Contractos Públicos anexo ao Decreto-Lei 18/2008 de 29 de Janeiro, cujo anúncio foi publicado a 24 de Julho de 2009.

Foram recepcionados e admitidos 20 concorrentes, tendo na fase de análise das propostas sido excluídos 12 por não terem respondido na totalidade à lista de preços unitários patente em concurso. 

Da análise das propostas apresentadas e mediante os critérios estabelecidos, foi adjudicada a empreitada ao concorrente classificado em 1º lugar, a empresa “MANUEL RODRIGUES GOUVEIA, S.A.” com uma proposta no valor de € 3.884.989,50 (IVA incluído).

Prevê-se que o início da obra decorra a dia 27 de Maio a qual terá a duração de 24 meses.