Município de Oeiras atribui mais 15 mil euros para apoio à população mais vulnerável de Carnaxide

Município de Oeiras atribui mais 15 mil euros para apoio à população mais vulnerável de Carnaxide

18 jul 2020
  • Apoio Social
foto

Em Oeiras, ninguém tem de passar dificuldades. 

O Município apoia a população mais vulnerável, situação que se reverte de enorme importância nesta fase pandémica que estamos a viver. Foi neste sentido que logo no primeiro momento em que se começaram a implementar medidas de combate ao COVID-19 se fez um reforço do Fundo de Emergência Social (FES) em 750 mil euros (passando de 250 mil euros para 1 milhão de euros) para valer a situações de maior necessidade dos cidadãos.

 

As entidades locais são parceiras essenciais para apoiar a população, sobretudo no momento de pandemia que vivemos, pois garantem uma maior proximidade e rapidez para valer a situações de maior necessidade dos cidadãos. Estas entidades garantem que é cumprido o objetivo da Câmara Municipal de apoiar todos os munícipes que se encontrem mais vulneráveis, nomeadamente os idosos, no sentido de financiar o pagamento de rendas, de água, de eletricidade, de medicamentos ou se outros bens de primeira necessidade de que necessitem.

 

Neste sentido, a Câmara Municipal de Oeiras aprovou a atribuição de uma comparticipação financeira ao Centro Social e Paroquial de São Romão de Carnaxide, no montante global de 15.000,00€, pois verificou-se um agravamento das situações de vulnerabilidade naquele território, consequentes do contexto epidemiológico que vivenciamos, assim como o aumento no número de pedidos. Este apoio municipal tem por objetivo garantir a capacidade financeira desta entidade parceira para dar resposta às situações de vulnerabilidade social enquadradas no âmbito do FES. 

 

Recorde-se que o FES foi criado em 2012, com o desígnio de melhorar a qualidade de vida e o bem-estar dos munícipes em situação de vulnerabilidade social. Esta medida municipal consubstancia-se num apoio extraordinário a indivíduos e famílias expostas a condições extremas de vulnerabilidade social e financeira e que não se enquadra nas respostas usualmente disponibilizadas pelos serviços tradicionais.

 

O FES assenta num trabalho de parceria alargado entre o Município de Oeiras, as Freguesias e Uniões das Freguesias, e as entidades sociais locais.