Novo sistema de gestão de refeições e de prolongamento de horário nas escolas do concelho

Novo sistema de gestão de refeições e de prolongamento de horário nas escolas do concelho

15 fev 2014
  • Educação
foto

Durante o ano letivo de 2013/2014 o processo de aquisição de senhas de refeição para utilização dos refeitórios escolares de gestão municipal e o pagamento do serviço de prolongamento de horário vai tornar-se mais simples e mais cómodo para todos os pais e encarregados de educação de crianças do pré-escolar e alunos do 1.º ciclo do ensino básico da rede pública. As alterações resultam da implementação do novo Sistema de Refeições e de Prolongamento de Horário que foi desenvolvido pela Universidadede Aveiro. Trata-se de uma aplicação informática de utilização fácil e intuitiva, acessível a partir de qualquer computador com acesso à Internet.

Esta plataforma é desenvolvida ao abrigo do Projeto RISE (Rede Integradade Serviços de Educação) que visa implementar ferramentas tecnológicas que otimizem os processos de ensino e gestão administrativadas escolas. Para cada criança e/ou aluno foram criadas referências unipessoais para os pagamentos através de multibanco e homebanking. Foram também criadas credenciais de acesso (utilizador e palavra passe) à plataforma eletrónica, que permitem efetuar o controlo do número de refeições consumidas, a verificação do saldo existente para consumo de refeições e para a utilização do serviço de prolongamento de horário dos educandos. O funcionamento da plataforma traduz-se em ganhos evidentes de tempo e facilitação da gestão da vida familiar na medida em que torna desnecessárias as deslocações aos serviços de atendimento. Mantém-se a possibilidade de efetuar o pagamento presencialmente nas juntas de freguesia, postos de atendimento e loja de informação e divulgação municipal em funcionamento no Centro Comercial Oeiras parque. Até ao final do mês de março, o Sistema de Gestão de Refeições e de Prolongamento de Horário estará acessível a todos os pais e encarregadosde educação dos dez agrupamentos de escolas do concelho e será eliminada definitivamente a utilização das senhas em papel. Serão abrangidas por esta medida cinco mil crianças do pré-escolar ealunos do 1.º ciclo do ensino básico da rede pública que utilizam os refeitórios escolares de gestão municipal e as cerca de 400 crianças inscritas nos sete serviços de prolongamento de horário de gestão municipal.