Oeiras aposta na proteção do ambiente

Oeiras aposta na proteção do ambiente

22 jun 2017
  • Ambiente
foto

O ano de 2016 começou com o mote 'Oeiras limpa depende de todos nós'. O município de Oeiras encara o ambiente como uma área fundamental, pelo que apostou nos meses de Janeiro e Fevereiro em duas campanhas de sensibilização – 'Quebre o Hábito' e 'Apanhe do Chão os Dejetos do seu Cão'- e na divulgação de informação sobre as vantagens da compostagem doméstica.

O mês de Janeiro pretendeu alertar os munícipes para o facto de as beatas serem lixo e de que é urgente mudar o hábito de atirá-las para o chão. Sob o slogan 'Beatas são lixo. Não deite no chão', foi realizada uma experiência-piloto na zona da baixa de Algés, que é particularmente afetada com a forte presença de beatas na rua, por dispor de uma grande concentração de estabelecimentos comerciais e consequentemente uma grande afluência de pessoas. A distribuição de vasos com areia à restauração para colocação à porta dos estabelecimentos; a distribuição de um comunicado porta-a-porta aos moradores; e a colocação de cinzeiros nas papeleiras de rua, foram alguma das ações de comunicação de rua realizadas.

Em Fevereiro, o município foi o palco de uma campanha de comunicação urbana e nos canais de comunicação digitais, para sensibilizar os munícipes com cães a apanharem os dejetos dos animais, de forma a tornar as ruas do concelho mais limpas. A Câmara Municipal de Oeiras tem divulgado ainda os benefícios da compostagem doméstica, que corresponde a um processo de reciclagem 100% natural, de resí- duos orgânicos: restos de vegetais, folhas de jardim, plantas secam, realizado através de microrganismos que transformam os resíduos biodegradáveis num fertilizante para o solo, rico em nutrientes, a que se chama composto. Ao fim alguns meses obtém-se um composto, cuja utilização introduz no solo organismos benéficos que têm a capacidade de passar nutrientes da parte mineral do solo para as plantas. Deste modo, se cultivar produtos hortícolas e adubar com composto natural, obterá alimentos mais saborosos e nutritivos e isentos de compostos nocivos provenientes da utilização de adubos químicos. Se residir numa moradia com jardim ou quintal, apenas terá que juntar os restos da preparação de alimentos vegetais e resíduos de jardim, depositá-los num compostor, cobri-los com ramos e folhas secas e deixar a Natureza trabalhar de forma natural!