Presidente da Câmara de Oeiras realiza auditoria financeira e de gestão interna

Presidente da Câmara de Oeiras realiza auditoria financeira e de gestão interna

25 jun 2018
foto

O presidente da Câmara Municipal de Oeiras determinou, em despacho assinado na passada sexta-feira, a realização de uma auditoria financeira e de gestão interna de largo espectro, após o executivo municipal ter tomado conhecimento da paragem das obras da concessão do Mercado de Tercena (na freguesia de Barcarena).

Verificou-se, na análise do processo, que a garantia bancária da obra, de valor total de 1,5 milhões de euros,  é de apenas 26 mil euros, valor manifestamente insuficiente para a continuidade e conclusão do projeto.

A acumulação de casos complexos, como este, que o executivo vai descobrindo a conta-gotas, bem como a tomada de conhecimento de que foram perdidas muitas das boas práticas que, no passado, haviam feito de Oeiras uma referência a nível nacional, determina a necessidade de realização de uma auditoria financeira e de gestão de largo espectro. Recordamos que, em 2013, o Município de Oeiras ocupava o 7º lugar no índice de transparência municipal, tendo passado para 108º lugar em 2017, uma queda de 100 posições no último mandato.

O objetivo do executivo é escalpelizar as contas, as metodologias e os procedimentos de gestão do Município, com vista a recuperar o rigor em Oeiras.

A par de tudo isto, com esta auditoria, será possível criar bases para a revisão das normas de controlo interno, com vista a adquirir a necessária estabilidade perante a entrada em vigor do SNCAP (Sistema de Normalização Contabilística para a Administração Pública).