Reabilitação em curso da Capela de Nª Sra. do Rosário em Linda-a-Velha

Reabilitação em curso da Capela de Nª Sra. do Rosário em Linda-a-Velha

05 fev 2016
  • obras municipais
  • Cultura

A capela propriedade da Câmara Municipal de Oeiras está a ser alvo desde Outubro passado de obras profundas de reabilitação e conservação orçadas em pouco mais de 120.000€. E uma obra de grande especificidade técnica pois torna necessário a articulação de diversas especialidades artísticas como a pintura de retábulo de altar, de fresco, a execução de esgrafitos decorativos, a recuperação de azulejos e cantarias. Em simultâneo foi necessário proceder a reforços estruturais, à substituição dos rebocos e revestimentos interior e exteriores degradados, à melhoria geral da cobertura e sua drenagem, da rede elétrica e iluminação. A capela foi construída na transição do século XVII para o XVIII, sendo por isso a mais antiga de Linda-a-Velha, encontrando-se anexa à casa principal da quinta dos Aciprestes, constituindo-se como um claro exemplo das quintas de família e estruturas agrícolas complementares que pontuavam os arredores de Lisboa. O portão de entrada, muro e o pátio adjacente à mesma, bem como o celeiro/armazém agrícola permanecem como o núcleo mais antigo e ainda num estado original do antigo Casal Grande da herdade da Ninha que esteve na origem do nome de Ninha-a-Velha hoje Linda-a-Velha. Segundo o historiador Joaquim Bouça, o amplo vão gradeado junto ao altar deverá ter sido concebido para mostrar aos fiéis a imagem de Nª Senhora, corroborado o relato do pároco de Carnaxide, em 1758, que referia ter “bastante concurso” de gente. A intervenção foi desde o diagnóstico ao projeto de execução e desenvolvimento da obra, da responsabilidade de técnicos da Divisão de Projetos Especiais - Núcleo de Projetos, unidade orgânica a quem está atribuído, dentro do Departamento de Habitação e Reabilitação Urbana, desenvolver projetos de equipamentos municipais e património histórico, cultural e museológico, assim como desenvolver os procedimentos de apoio à prossecução de obras de interesse municipal que envolvam equipamentos ou o restauro e intervenção em edifícios com relevante interesse histórico e patrimonial. A intervenção em curso permitirá que este equipamento religioso possa em breve voltar a ser usufruído pela população de Linda-a-Velha e por todos os interessados no seu património histórico e cultural.