Município de Oeiras integra projeto de proteção costeira contra o aumento de riscos climáticos

Município de Oeiras integra projeto de proteção costeira contra o aumento de riscos climáticos

Oeiras é um dos 10 Municípios europeus que integram o projeto SCORE (Smart Instant Monitoring and Control of the Climate Resilience in European Coastal Cities), centrado na proteção costeira contra o aumento de riscos climáticos.

04 mai 2021
  • Ambiente
Praia de Santo Amaro de Oeiras

Oeiras é um dos 10 Municípios europeus que integram o projeto SCORE (Smart Instant Monitoring and Control of the Climate Resilience in European Coastal Cities), centrado na proteção costeira contra o aumento de riscos climáticos. Este projeto tem como objetivo projetar, desenvolver, monitorizar e validar medidas de adaptação robustas no litoral e áreas baixas para protegê-las do aumento dos riscos climáticos e do nível do mar, incluindo inundações costeiras e erosão, para aumentar sua resiliência geral a longo prazo.

O projeto SCORE é baseado no co-design, co-desenvolvimento, implantação, teste e demonstração de EBAs (Ecossystem Based Approches) inovadores, tecnologias inteligentes e soluções híbridas baseadas na natureza (NBSs).

O projeto pretende estabelecer uma infraestrutura Coastal City Living Lab (CCLL) envolvendo várias partes interessadas, sendo apoiada por novas tecnologias digitais para:

  1.  Projeção das alterações climáticas, erosão costeira com/sem diferentes intervenções de mitigação; 
     
  2. Monitorização climática costeira e desenvolvimento de alerta local precoce com base numa rede de sensores inteligentes e baixo custo; 
     
  3. Aquisição e partilha de evidências da eficácia da abordagem EBA por meio de uma plataforma ICT de alta qualidade; 
     
  4. Aumentar a resiliência financeira das cidades costeiras por meio de ferramentas de avaliação de risco financeiro; 
     
  5.  Apoiar a tomada de decisões na governança de cidades costeiras por meio do desenvolvimento de protótipos digitais semelhantes para analisar as ações corretivas ideais para uma resiliência climática sustentável, equitativa e económica. 

 
Os módulos do desenvolvimento dos trabalhos relevantes são os seguintes:

  1.  Mapeamento da exposição base e risco de impactos climáticos extremos nas cidades costeiras 
  2. Projeto, implementação e avaliação de CCLL 
  3. Projeções regionais e locais, análises e modelação de incertezas 
  4. Co-aviso e co-monitorização CCLL 
  5. Estratégias para aumentar a resiliência financeira das cidades costeiras 
  6. Considerações socioeconómicas e adaptações de abordagens baseadas em ecossistemas 
  7. Desenvolvimento de suporte integrado de alerta precoce e protótipos de solução espacial digital. 

 
O Instituto Superior Técnico e o Município de Oeiras assumirão o papel de vanguarda nos módulos 1 e 4.
O Município de Oeiras receberá uma participação de 77 500.00€ de apoio ao desenvolvimento do projeto.
Outras nove cidades da Irlanda, Espanha, Itália, Polónia, Turquia e Eslovénia participam também neste programa.
 
O Consórcio SCORE é formado por:

  1. Organizações de investigação e desenvolvimento de alto nível, especializadas em meio ambiente, clima, social, gestão de dados, segurança e aspetos tecnológicos da pesquisa de tecnologia de sensorização ambiental. 
  2. Indústria e PME com os conhecimentos necessários para cobrir todos os aspetos tecnológicos, de negócios e de exploração dos diferentes aspetos do SCORE. 
  3. Organizações de pesquisa do setor público com conhecimento importante dos aspetos ambientais totais. 
  4. Centros urbanos que fornecerão acesso a todas as instalações da cidade para as atividades da proposta do SCORE e ajudarão a estabelecer os CCLLs e implementar as atividades do SCORE. 
  5. ONG internacional (ENOLL) com experiência na abordagem Living Lab.
Precisa de ajuda? chatBotLogo