As dinâmicas económicas
dinamicas economicas

As dinâmicas económicas

Fruto das estratégias públicas e privadas no âmbito da AML, foram criados novos espaços económicos no território concelhio. Essa nova dinâmica em muito contribuiu para que, desde 2000, já menos de metade da atividade económica concelhia se situava na zona leste junto a Lisboa (Carnaxide, Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada).


Esta alteração deveu-se em grande parte à implantação e afirmação do Taguspark e dos parques empresariais (Lagoas Park e Quinta da Fonte), com acesso privilegiado à A5, fora das zonas urbanas contíguas a Lisboa e dos núcleos urbanos consolidados da zona costeira. A atratibilidade destes novos espaços funcionou sobretudo para empresas de significativa dimensão, correspondendo a mais de um quarto do emprego do concelho.


Oeiras é um concelho cujo desenvolvimento económico recente se baseou, em importante medida, pela estruturação integrada de projetos de localização empresarial de espaços de média e de grande dimensão. Projetos esses que foram apoiados de forma decisiva pela autarquia.