Eixos de intervenção em Saúde
Eixos de intervenção em saúde

Eixos de Intervenção em Saúde

O Município reconhece a importância do trabalho em parceria e a necessidade de auscultar todos os agentes intervenientes na área da saúde.

Eixos de intervenção na área da Saúde:
 

  • Desenvolvimento de programas ou projetos de promoção e educação para a saúde; 
  • Realização de eventos com vista à promoção de saúde e estilos de vida saudáveis;
  • Cooperação com diversas entidades na área da saúde;
  • Produção de ferramentas de informação e diagnóstico sobre o estado de saúde no concelho de Oeiras e participação na elaboração de documentos de planeamento estratégico.

O Município de Oeiras tem vindo a apoiar técnica, logística e financeiramente as diversas entidades com intervenção no âmbito da promoção da saúde, da prestação de cuidados de saúde e na redução dos fatores de risco.

As infraestruturas das Unidades de Saúde de Algés, de Carnaxide e de Barcarena, do Agrupamento de Centros de Saúde de Lisboa Ocidental e Oeiras, que se resumiam a espaços exíguos, desordenados e de difícil mobilidade, levaram a que a Câmara Municipal de Oeiras, em consonância com a ARSLVT, se propusessem intervir com o intuito de criar de raiz edifícios capazes de albergar, nas melhores condições possíveis, as valências que a prática médica atualmente exige.

Apesar da construção de equipamentos de saúde não ser competência nem responsabilidade das Autarquias, o Município de Oeiras assumiu o investimento municipal de cerca de 4,3 milhões de euros para a construção das novas unidades de saúde, além da disponibilização de terrenos e da conceção dos projetos de execução.

O novo Centro de Saúde de Carnaxide encontra-se em funcionamento desde junho de 2016, o Centro de Saúde de Algés foi inaugurado no dia 25 de abril de 2017 e a nova Unidade de Saúde de Barcarena em 25 de abril de 2018.