interculturalidade

Interculturalidade

Chegou a Oeiras e sente-se perdido? Nós ajudamos.

Todos somos de todo o lado.


Os CLAIM - Centros Locais de Apoio à integração de Migrantes atuam enquanto espaços de acolhimento ao migrante, assumindo o atendimento de proximidade, visando uma política de acolhimento e integração desta comunidade.

Estes espaços assumem respostas de apoio às necessidades que se colocam a esta população, entre outros, ao nível da regularização da situação migratória (regularização documental ou legalização), de questões relacionadas com a nacionalidade, de reagrupamento ou reunião familiar.

 

CLAIM - Centros Locais de Apoio à Integração de Migrantes
 

 

  • CLAIM de Paço de Arcos
    🕐 Segunda a sexta-feira (dias úteis), das 10h às 17h
    📍 Centro Comunitário do Alto da Loba
    Rua Instituto Conde de Agrolongo, 39 | Alto da Loba | 2770-062 Paço de Arcos
    📞 214 420 463
    📧 jose.almeida@oeiras.pt

 

  • CLAIM de Carnaxide
    🕐 Segunda a sexta-feira (dias úteis), das 10h às 17h
    📍 Rua Professor Delfim Santos, 9 | 2790-199 Carnaxide
    📞 214 160 565
    📧 maria.tavares@oeiras.pt

 

  • CLAIM de Porto Salvo
    🕐 Segunda a sexta-feira (dias úteis), das 10h às 17h
    📍 Centro Comunitário dos Navegadores 
    Alameda Jorge Álvares, 4 | 2740-236 Porto Salvo
    📞 210 977 490
    📧 maria.cravidao@oeiras.pt

 

  • CLAIM Móvel
    🕐 Mediante marcação
    📍 Rua Professor Delfim Santos, 9 | 2790-199 Carnaxide
    📞 214 160 565
    📧 ana.brito@oeiras.pt

 

Interculturalidade
 

Oeiras é um concelho onde residem pessoas de mais de 100 nacionalidades (consulte informações atualizadas em SEFSTAT - Portal de Estatística), diversidade esta acrescida com  a presença de pessoas nascidas em outras regiões de Portugal e que escolheram Oeiras como o seu concelho de residência.

A interculturalidade, ou o interculturalismo, uma das expressões do pluralismo cultural, vai muito além da mera convivência multicultural. Para além da defesa da defesa dos princípios da igualdade e da diferença, promove a interação positiva, o diálogo e a construção de pontes para  construção de uma sociedade em que todas as pessoas têm vez e voz.  

 

Saiba mais: